quarta-feira, 18 de maio de 2016

Diário do Cabelinho - Capítulo I: No Poo, Low Poo e Cronograma Capilar

Diário do Cabelinho - Capítulo I
No Poo, Low Poo e Cronograma Capilar

Rio de Janeiro, 18 de maio de 2016.

Por que eu invento essas coisas?
É claro que vem textão, senão não seria eu, néan? Rsrsrs
Então prepara, respira e vem comigo. Não desanima pelo tamanho do texto, porque eu vou falar de No Poo, Low Poo, Cronograma Capilar e como juntar tudo isso na sua Rotina de Cuidados Capilares.

Eu sou curiosa, metida e adoro novidades, principalmente aquelas que posso testar sozinha.
Quando ouvi falar a primeira vez sobre Cronograma Capilar em outubro do ano passado, achei a ideia genial: um programa de tratamentos que devolveria a vitalidade para os cabelos cansados de guerra.
Pesquisei pra caramba e descobri um site pelo qual me apaixonei e que se tornou minha "bíblia" para assuntos capilares, o Cabelos de Rainha. É sério, esse blog é BOM DEMAIS e tira quase todas as dúvidas que qualquer pessoa possa ter sobre cuidados capilares.

(crédito da imagem para Cabelos de Rainha)

O que mais me chamou atenção no Cronograma Capilar foi o fato de ser um programa certinho, onde você sabe o que tem que fazer a cada dia. E eu ADORO regras! Amoooo!!

Comprei um monte de produtos, comecei a fazer direitinho e ainda converti um monte de amigas para os benefícios do trio Hidratação / Nutrição / Reconstrução.
O resultado disso foi que virei referência sobre cuidados com o cabelo aqui no meu círculo de amizade.

Com essa onda de cuidar dos cabelos, descobri através de uma amiga as controversas técnicas do No Poo e Low Poo. Inclusive tem grupo no Facebook: um pra cacheadas e outro pra lisas e onduladas (não aconselho quem tem cabelo liso a entrar no grupo das cacheadas se não quiser tomar um monte de foras e ouvir grosserias, como eu vi acontecendo pra caramba).

Mais uma vez curiosa e metida, experimentei o Low Poo e No Poo. Apesar do meu cabelo ser liso, fino e oleoso, não é que deu SUPER certo?
Mais uma vez a galera que me conhece veio pedindo dicas sobre "como funciona", "como começar", "que produtos comprar" e mais dúvidas que gente curiosa como eu tem.
Essa semana fiz um e-mail pra explicar tudo para uma amiga minha, mas o e-mail ficou tão bão, tão explicadinho, que acho um desperdício não criar um marcador novo e postar o que aprendi sobre cabelos nesses últimos meses.

Agora, sim, som na caixa, DJ!


Cuidados diários: Low Poo e no Poo
Dos xampus comuns que usamos regularmente, desse que a gente compra no mercado, daquelas marcas que eu não vou falar aqui porque ninguém me paga nada, TODOS possuem uma substância chamada sodium lauryl ether sulfate ou sodium laureth sulfate (vem sempre escrito em inglês, mas nada mais é do que lauriéter sulfato de sódio). Pode ir olhar em todos os xampus que você tem na prateleira que eles conterão uma dessas substâncias.
O lauryl é o espumante do xampu. Ele é um sulfato, ou seja, um sal, com alto poder detergente, ou seja, altamente agressivo.
Um monte de gente diz que o uso continuado de lauryl é o responsável por deixar o cabelo poroso, sem vida, ressecado e fino. Que o lauryl, ao ser usado para limpeza, também erode os fios, quebra cadeias de proteína, diminui a massa dos fios. Uma amiga minha, que é química e já trabalhou em indústrias químicas, disse que as fórmulas de xampus depois de alguns anos são vendidas para fábricas de detergentes de louça. Pra você ver...

Pois bem, mas além de fazer espuma, essa substância é a única com capacidade de remover do nosso cabelinho outros vilões: os petrolatos, silicones insolúveis, óleos minerais e vaselinas em geral.
E onde nós encontramos esses compostos? Nos condicionadores e cremes de massagem comuns. Todo creme que diz que é "botox capilar", que tem uma "camada protetora do fio", "que sela as cutículas", em geral usa um silicone não solúvel em água, um óleo mineral maroto ou a velha vaselina. O excesso dessas substâncias no fio deixa o cabelo pesado, fosco e impede a absorção de nutrientes necessários à saúde e vitalidade do seu cabelo. Ou seja, eles mascaram os fios, dando uma aparência falsa de saúde, quando na verdade seu cabelo tá detonado, franco, fragilizado e pode não resistir a um processo mais agressivo.

Resumindo, você, minha amiga dona de casa, cujos cabelos insistem em ficar brancos e você insiste em não deixar, tacando tinta em cima, pode estar com um cabelo super fraco, mas que parece forte porque usa os condicionadores comuns que só melhoram a lataria, mas por dentro o cabelo pode estar só no bagaço.

Uma norte-americana chamada Lorraine Massey inventou as técnicas de cuidados diários com o cabelo chamadas Low Poo e No Poo pra tentar salvar seu cabelo cacheado. Inicialmente quem testou e aprovou as técnicas foram meninas de cabelos afros, que tendem a ser secos.
Com a disseminação da técnica se descobriu que todo tipo de cabelo se dá bem com ela, até mesmo - pasme - os cabelos ultra oleosos (como o meu, por exemplo).
Daí pra frente se descobriu que as técnicas funcionavam com cabelos lisos, cabelos com química, com henê, com progressiva, com tintura, com o cacete a quatro: funcionava pra todo mundo.

  • Técnica do Low Poo
Falei, falei, mas ainda não disse como são as técnicas. hehehehe
Vou começar com a Low Poo, que é a que assusta menos.
Low Poo quer dizer "low shampoo", ou seja, menos xampu. Mas isso não quer dizer que você vá diminuir a quantidade que você usa a cada lavagem, ou que vá diluir seu xampu com água. Não. Na verdade você vai substituir os xampus com lauryl por xampus mais suaves e sem sulfatos.
O Low Poo é isso: lavar os cabelos com xampus sem sulfatos e usar condicionadores sem silicones, petrolatos e óleos minerais.
Só que não é tão fácil assim... Achar xampus sem sulfatos nas prateleiras dos supermercados é uma missão difícil: em geral não tem.
A boa notícia é que várias marcas investiram em xampus aprovados para Low Poo. Na minha opinião, a melhor de todas é a Lola Cosmetics, que é nacional. Todos os xampus da Lola são sem sulfatos e você pode escolher qual que traz o benefício que você mais deseja com relação ao seu próprio cabelinho (tem xampu que faz crescer cabelo, que é hidratante, que é para cabelo cacheado, seco, oleoso...).
Como você estará lavando com um xampu mais suave, sem a capacidade de remover os silicones não solúveis em água, vaselinas, petrolatos e óleos minerais, você não poderá usar condicionadores ou cremes com esse tipos de óleos. Os condicionadores permitidos são aqueles ricos em óleos vegetais, como óleo de coco, argan, oliva, abacate ou até mesmo óleos animais, como colágeno, tutano e etc.

  • Técnica do No Poo
Essa técnica, quando não é bem explicada, causa espanto, mas é a técnica onde não se usa xampu.
Mas não é deixar de lavar o cabelo e ficar igual a uma mendiga, é usar os condicionadores sem silicones, vaselinas, óleos minerais para "lavar" o cabelo.
O No Poo é: higienizar os cabelos somente com condicionador sem silicones, petrolatos e óleos minerais. A lavagem com condicionador também é chamada co-wash, já que é um "wash" feito com "condicionador" ("co" de condicionador)
Por incrível que pareça, dá super certo para cabelos oleosos também. O meu cabelo é ultra oleoso, e quanto mais eu lavava com xampus cada vez mais agressivos, mais oleoso o cabelo ficava. É o chamado "efeito rebote", que é o couro cabeludo produzindo cada vez mais óleo para compensar o ressecamento feito pelo xampu agressivo. Agora que eu faço o Low Poo e o No Poo a oleosidade diminuiu muito!
Você vai tomar banho, molhar os cabelos e colocar uma quantidade do condicionador na sua mão, em seguida massagear como faria com um xampu. Faz bem menos espuma, mas se molhar o cabelo de novo e massagear mais, rola uma espuminha cremosa. Eu deixo ficar um pouco enquanto lavo o resto do corpo e depois enxáguo tudo junto e pronto.

Achei no Google Docs uma lista felomenal de muitos e muitos produtos, dentre xampus, condicionadores, finalizadores, tintas e tônicos que são permitidos no uso das técnicas Low Poo e No Poo:

Para as ainda mais curiosas, segue mais uma lista do mesmo grupo com a lista de componentes químicos PROIBIDOS e LIBERADOS para quem escolher fazer uso das técnicas Low Poo e No Poo:

A melhor notícia eváh é que fazer Low e No Poo pode ser saudável para seu cabelo e para o seu BOLSO, já que vários produtos usados são bem baratinhos, mas têm um efeito MARAVILHOSO!
Então chega de comprar máscaras carésimas que a cabeleireira te indicou, se renda aos baratinhos e seja muito mais feliz! :)

#Comofas, Gabizinha?
Tem uns passos que é preciso seguir para adotar as técnicas. Não dá pra fazer a loka de um dia para o outro e sair tacando aquele condicionador Seda que tá acabando na cabeça achando que é a rainha do No Poo (quem nunca?).

Primeiro passo é praticar o desapego: tá vendo todos aqueles xampus e condicionadores quase cheios na prateleira do seu banheiro? Você vai ter o trabalho de ler as letrinhas miúdas de um por um, comparar com a lista de substâncias proibidas, e, se achar nem que seja uma única substância proibida na composição, você não vai mais usar.
Minha sugestão para sofrer menos é ser generosa e doar pra alguém.
Minha outra sugestão é, caso você seja uma pessoa apegada às coisas do mundo, usar até acabar para então adotar as técnicas No Poo e Low Poo.
Eu sou a pessoa tipo 2.

  • Como começar:
Para começar a técnica, seja Low Poo ou No Poo, é preciso que você lave seus cabelos uma última vez com um xampu comum, com lauryl, pra retirar todo o resíduo de silicones, petrolatos, etc...
Eu aconselho fazer uma hidratação em seguida porque o cabelo estará fragilizado pelos anos de uso de lauryl e desacostumado a ficar sem a "maquiagem" dos silicones e óleos minerais. Não se assuste se depois que retirar todo o petrolato e silicones, o cabelo parecer ainda mais seco: na verdade aquele é o cabelo "real", sem a maquiagem. Assim você pode começar a repor os componentes que o cabelo realmente precisa e ele fica saudável de verdade, não somente mascarado. Por isso, se prepara pra começar a fazer muitas hidratações.
Daí pra frente, continue com os xampus e condicionadores permitidos pela técnica.
Também aconselho adotar um Cronograma Capilar em conjunto com a técnica. Você vai ter o cabelo macio, com brilho, movimento, volume, fios sadios, com balanço, só coisa boa.
A gente fala mais de Cronograma Capilar mais pra frente.

  • Como eu faço e o que eu uso:
Acho que nada melhor do que um relato de alguém que já está usando as técnicas e que vu bons resultados, então, segue mais textão.
Inicialmente, quero deixar bem claro que não recebo nada para elogiar as marcas que vou elogiar. Estou só dando o testemunho do que funcionou pra mim.
Eu faço predominantemente No Poo intercalando com Low Poo. Em geral, durante a semana, faço o No Poo e lavo o cabelo com xampu sem sulfato no fim de semana ou se for fazer uma hidratação/nutrição/reconstrução durante a semana.

- Quando faço o Low Poo uso ou o xampu Less Poo Yamasterol (que é relativamente barato, já que o frasco vem quase 1 litro. Quanto ao cheiro, não tem um cheiro muito forte ou persistente. Não dá cheiro de nada) ou o Shampoo Sólido Morte Súbita da Lola Cosmetics (que não é tão barato, mas dura muito, já que se usa uma quantidade mínima pra lavar a cabeça inteira. O cheiro é maravilhoso).

Frascos de 900 ml de xampu Less Poo e condicionador CoWash da marca Yamasterol
Comprei no Walmart por R$ 54 o conjunto.
Shampoo Sólido Morte Súbita Lola Cosmetics
Comprei no iCabelos por R$ 60 o pote de 250 g

- Os mesmos condicionadores que uso para finalizar depois do xampu sem sulfato é o que eu uso para higienizar o cabelo quando faço No Poo: Co Wash Yamasterol (também relativamente barato, com pouco cheiro), Creme Multifuncional Yamasterol (outro baratíssimo e com cheirinho bem suave), Deva Curls No-Poo e One Condition (mais caros, porém super bons! O cheiro é de mentol e dá uma sensação refrescante na cabeça. Mas não é persistente) ou o Condicionador Limpante Comigo Ninguém Pode da Lola Cosmetics (super cheiroso e muito bom! Mas também não é tão barato, mas nada que seja caríssimo).
Depois de treinar, correr, fazer aeróbica, dança ou o que quer que seja que eu faça de exercício, em geral eu lavo meus cabelos fazendo co-wash, pois não vejo necessidade de lavar com xampu.
Eu sempre finalizo secando com secador ou escova modeladora (agora que meu cabelo tá muito curto, não dá pra usar a escova mais...), por isso eu usava protetor térmico, mas agora que faço o No Poo frequentemente, não uso mais o protetor térmico para não deixar o cabelo muito oleoso.

Embalagem de 900 ml Creme Multifuncional Com Proteína Hidrolisada Yamasterol
Comprei na CasaNostra Cosméticos por R$ 13

Na viagem para Curaçau levei um frasco com esse creme para fazer o No Poo e foi o que salvou o cabelo de ficar um bagaço depois de tanta praia e Sol todos os dias.
Conjunto Deva Curl No-Poo e One Condition
Comprei na Beauty Box por R$ 50 cada frasco de 355 ml
Condicionador Limpante Comigo Ninguém Pode
Comprei na CasaNostra Cosméticos por R$ 53 o pote de 400 g


Cuidados Especiais: Cronograma Capilar
O Cronograma Capilar é a organização de uma agenda de tratamentos intensivos para salvar o cabelo muito danificado.
O Cronograma consiste em se programar para realizar as 3 fazes de tratamento dos cabelos: hidratação, nutrição e reconstrução.
Programar o cronograma capilar depende das suas características, principalmente da frequência que você lava o cabelo, pois é indicado ter uma lavagem simples entre cada tratamento.
O que é preciso para começar com seu cronograma capilar: DEDICAÇÃO, DISCIPLINA, COMPROMETIMENTO e PERSEVERANÇA, muito mais do que os produtos que vou indicar.

  • Hidratação:
Serve para repor a água dos cabelos e é feita com cremes super hidratantes. É a fase que deve ser feita com maior frequência.
Meu cronograma é o de uma pessoa que lava cabelo todos os dias, por isso, eu fazia hidratação dia sim, dia não. Para pessoas que não lavam o cabelo todo dia, a sugestão que li em vários blogs é que se faça 2 hidratações entre cada um dos outros tratamentos.
Naquele Google Doc que linkei lá em cima tem uma lista giga blaster de máscaras permitidas, daí cada um escolhe qual quer usar. Eu alterno entre o Super Hidratante Morte Súbita e o Dream Cream, ambos da Lola Cosmetics. Dentre os dois eu prefiro o Dream Cream, que tem uma textura de manteiga e é absolutamente maravilhoso, mas o Morte Súbita é muito bom também.

Máscara Super Hidratante Dream Cream Lola Cosmetics
Comprei no iCabelos por R$ 30 o pote de 150g

O pessoal nos blogs diz que, pelos componentes oleosos como óleo de argan e manteiga de abacate, ele é uma máscara de nutrição. Mas, olha ali no rótulo: máscara super hidratante. E é para hidratação que eu uso.
Máscara Super Hidratante Morte Súbita
Comprei na CasaNostra Cosméticos por R$ 63 o pote de 450g

Como fazer: lave seu cabelo normalmente com seu xampu sem sulfato e seque ele na toalha, divida em mechas e passe a máscara generosamente em cada mecha. Cubra com uma touca ou com um saco de mercado mesmo (eu usava saco de mercado e maridão sacaneava muito. hehehe), deixe em pausa por meia hora e depois enxágue. Finalize como quiser ou deixe secar naturalmente.
A hidratação é feita só nos fios, por isso é bom deixar uns 2 dedos de distância do couro cabeludo.

  • Nutrição:
Serve para repor os óleos essenciais aos cabelos e ao couro cabeludo. Aqui você tem 3 opções: pode comprar uma máscara especialmente para nutrição; pode "temperar" sua máscara de hidratação com um óleo bom (tipo uma ampola de óleo de argan, azeite de oliva, óleo de coco, de semente de uva ou qualquer outro óleo vegetal extra virgem que achar bom); ou pode fazer a umectação, que é a aplicação direta do óleo nos fios e couro cabeludo. Para fazer umectação só pode usar óleo EXTRA VIRGEM.
- Se optar pela máscara de nutrição, siga as instruções e deixe dois dedos de distância do couro cabeludo. Não esqueça de dar a pausa recomendada e de proteger com touca ou saco de mercado de plástico pra evitar que a máscara seque.
- Se optar por temperar sua máscara de hidratação já existente, use óleos vegetais, como óleo de coco, semente de uva, abacate, oliva, argan, etc, ou misturas entre os óleos que achar necessário. Também deixe o espaço de 2 dedos do couro cabeludo e respeite a pausa, protegendo a massagem do ressecamento com touca ou... já sabe, saco fuleiro de mercado.
- Se optar pela umectação, pode usar o óleo direto no couro cabeludo e massagear bem. Eu fazia a umectação com Óleo de Coco Extra Virgem Copra. Fica o maior cheiro de cocada pela casa! Hehehehe.

Óleo de Coco Extra Virgem Copra
Comprei na Natue  por R$ 43 o vidro de 500 ml
Como fazer: A umectação é feita também mecha por mecha, mas não precisa lavar o cabelo antes. Depois de passar o óleo, deixe em pausa por, pelo menos, 2 h com o amigo saco de mercado na cabeça. Se quiser, pode dormir com o óleo na cabeça e lavar no dia seguinte. Pra tirar o óleo do cabelo a melhor técnica é a U.C.P.E.- UMECTAR, CONDICIONAR, PAUSAR e ENXAGUAR. Nada mais é do que passar condicionador por cima do óleo, deixar um pouquinho, enxaguar e então passar o xampu. Pode ser que seja preciso passar o xampu umas 2 a 3 vezes até limpar bem os fios. Depois de lavar, condicione normalmente e finalize como quiser.
Por lavar o cabelo diariamente, eu conseguia colocar a umectação pra ser feita somente no fim de semana, já que é um tratamento que dá um pouquinho mais de trabalho que a hidratação.

  • Reconstrução:
Serve para repor aminoácidos e proteínas perdidas pelas agressões sofridas pelo cabelo (tintura, xampus, etc.). Também se pode comprar máscaras especiais para reconstrução ou produtos e programas reconstrutores complexos, mas eu fazia somente usando a Queratina Líquida Sem Enxágue VitalCap.

Queratina Líquida Sem Enxágue Vitalcap
Comprei na Perfumaria Seiki por R$ 21

Esse é o que dá mais trabalho, mas também é o que se faz menos vezes. No máximo uma vez ao mês até recuperar o cabelo. Excesso de queratina pode deixar o cabelo rígido e quebradiço, por isso a reconstrução não é indicada pra quem fez excesso de progressiva.
Como fazer: Você lava o cabelo com seu xampu sem sulfato (pode até lavar 2 vezes pra deixar bem limpinho, sem resíduo nenhum). Seque o cabelo com toalha, mas também seque com o secador até ele ficar uns 80 % seco (como saber o quanto é 80 % seco? É "quase" seco). Separe por mechas e aplique a queratina líquida em mecha por mecha. Deixe em pausa por 15 minutos. Em seguida aplique sua máscara hidratante por cima como na hidratação e deixe em pausa por 30 minutos com o amigo saco de mercado pra evitar que a máscara seque. Depois desse tempo, lave o cabelo até retirar todo o creme e a queratina. Agora vem a parte chata: é preciso fazer a selagem do cabelo. Não adianta fazer esse tratamento sem selar. Para selar você vai precisar secar o cabelo com o secador e depois pranchar mecha por mecha.
O cabelo fica lindo, brilhoso, vivo, mas é um saco pranchar cabelo, né.
Eu aconselho se programar para fazer isso no fim de semana, já que é muita coisa pra se fazer depois do trabalho, caso você seja uma escrava corporativa como eu.


Juntando os dois tipos de Cuidados: Diários e Especiais
Para recuperar o cabelo e ele ficar como cabelo virgem depois de já ter sofrido tantas agressões e tinturas, é preciso se comprometer a seguir uma rotina e ter disciplina para falhar o menos possível.
Não é milagre instantâneo: demora a acontecer, por isso é preciso perseverança.
Mas garanto que todas as pessoas que eu conheço que estão fazendo as técnicas estão amando o resultado.

Segue um exemplo de Cronograma Capilar que cada um pode adaptar à frequência com que lava o cabelo. Pra quem não lava o cabelo todo dia, o "segundo dia" corresponde ao próximo dia em que o cabelo for lavado, assim como o terceiro, etc. 
  1. Primeiro dia: Hidratação - Lavar o cabelo com xampu comum com sulfato e fazer uma hidratação com máscara super hidratante. Atentar que essa é a última vez que você lavará o cabelo com xampu com sulfato;
  2. Segundo dia: Lavar o cabelo com a técnica do no poo, fazendo um co-wash, ou seja, lavar o cabelo com condicionador sem petrolatos, silicones não solúveis e óleos minerais;
  3. Terceiro dia: Hidratação - Lavar o cabelo com xampu SEM sulfato para low poo e fazer uma hidratação com máscara super hidratante;
  4. Quarto dia: Lavar o cabelo com a técnica do no poo, fazendo um co-wash;
  5. Quinto dia: Nutrição - umectar o cabelo com óleo de coco e retirar com condicionador, lavar 2 vezes com xampu SEM sulfato e condicionar com condicionador sem petrolatos, silicones não solúveis e óleos minerais;
  6. Sexto dia: Lavar o cabelo com a técnica do low poo, fazendo um co-wash;
  7. Sétimo dia: Hidratação - Lavar o cabelo com xampu SEM sulfato para low poo e fazer uma hidratação com máscara super hidratante;
  8. Oitavo dia: Lavar o cabelo com a técnica do no poo, fazendo um co-wash;
  9. Nono dia: Hidratação - Lavar o cabelo com xampu SEM sulfato para low poo e fazer uma hidratação com máscara super hidratante;
  10. Décimo dia: Lavar o cabelo com a técnica do no poo, fazendo um co-wash;
  11. Décimo primeiro dia: Nutrição - Umectar o cabelo com óleo de coco e retirar com condicionador, lavar 2 vezes com xampu SEM sulfato e condicionar com condicionador liberado;
  12. Décimo segundo dia: Lavar o cabelo com a técnica do no poo, fazendo um co-wash;
  13. Décimo terceiro dia: Hidratação - Lavar o cabelo com xampu SEM sulfato para low poo e fazer uma hidratação com máscara super hidratante;
  14. Décimo quarto dia: Lavar o cabelo com a técnica do no poo, fazendo um co-wash;
  15. Décimo quinto dia: Hidratação - Lavar o cabelo com xampu SEM sulfato para low poo e fazer uma hidratação com máscara super hidratante;
  16. Décimo sexto dia: Lavar o cabelo com a técnica do no poo, fazendo um co-wash;
  17. Décimo sétimo dia: Reconstrução - Lavar o cabelo com xampu SEM sulfato para low poo, secar, aplicar a queratina líquida sem enxágue, pausar 15 minutos, aplicar a máscara super hidratante, pausar meia hora, enxaguar tudo, secar e pranchar.
  18. Décimo oitavo dia: Lavar o cabelo com a técnica do no poo, fazendo um co-wash;
  19. Décimo nono dia: Reinício do Cronograma Capilar com Hidratação - Lavar o cabelo com xampu SEM sulfato para low poo e fazer uma hidratação com máscara super hidratante.
  20. Vigésimo dia: Repetir toda a programação acima partir do "segundo dia".
Aqui embaixo vão três tabelas: uma para quem lava o cabelo todo dia e tem tempo na semana pra fazer nutrição e reconstrução, outra para quem lava o cabelo todo dia mas só pode fazer nutrição e reconstrução no fim de semana e a terceira com uma pausa sem lavar entre cada etapa. Mas a verdade é que cada pessoa pode adaptar o cronograma de acordo com a sua disponibilidade.




Existem outras inúmeras possibilidades de arranjo para você fazer seu próprio Cronograma Capilar.
Uma amiga minha, por exemplo, lava o cabelo segunda, terça e quinta durante a semana, porque faz pilates nesses dias, ou seja, seu Cronograma Capilar não é nenhum dos 3 que coloquei ali em cima.

Pra fazer o tratamento completo, você vai precisar de:
1) Xampu SEM sulfato liberado para Low Poo;
2) Condicionador sem petrolatos, silicones e óleos minerais liberados também para No Poo;
3) Máscara super hidratante liberada para No Poo e Low Poo;
4) Óleo de coco extra virgem (que dá pra usar pra cozinhar também!);
5) Queratina líquida sem enxágue.

Também precisa de uma prancha (ou piastra, como falam os paulistas) para a fase da reconstrução, mas toda mulher tem uma, então nem coloquei ali no meio.

Onde encontrar essas coisas
Well, supermercado dificilmente tem. Muito menos farmácia, mas não custa nada tentar. 
Os produtos podem ser encontrados mais facilmente em lojas de produtos de cabeleireiro, mas o lugar mais certo e barato é mesmo na internet.

Acho que consegui dizer tudo o que sei e o que uma pessoa precisa saber para recuperar seus lindos.
Apesar disso, não sou especialista. Aqui eu só posso dizer o que funcionou comigo, no meu cabelo.

Volto a dizer: é preciso DEDICAÇÃO, DISCIPLINA, COMPROMETIMENTO e PERSEVERANÇA.
Dedicação porque vai te dar trabalho;
Disciplina porque só vai funcionar se os passos forem seguido corretamente;
Comprometimento porque depende comente de você; e
Perseverança porque os resultados não são instantâneos: eles demoram a aparecer.

Mas, na minha opinião, vale a pena e no final os resultados são repetaculares. O cabelo fica genuinamente saudável, forte, brilhoso e vivo!
Quem não quer tirar essa onda?

Nenhum comentário:

Postar um comentário